Caboré 2019: que comecem os votos

Buscar

Caboré 2019: que comecem os votos

Escolha online dos profissionais e empresas podem ser feitas pelos assinantes até o dia 29 de novembro. Vencedores serão revelados no dia 4 de dezembro

Meio & Mensagem
28 de outubro de 2019 - 6h00

Renovação na lista de indicados: dos 42 concorrentes, 23 são estreantes e 32 nunca venceram (Crédito: Denise Tadei)

Começou nesta segunda-feira, 28, o período de escolha dos profissionais e empresas vencedores do Prêmio Caboré 2019. Até o dia 29 de novembro a votação online está aberta apenas para assinantes do Meio & Mensagem (só pode votar quem já era assinante antes da divulgação da lista de indicados ). A votação pode ser feita neste link e todo o processo é auditado pela PwC. Os ganhadores desta 40ª edição da premiação serão revelados no dia 4 de dezembro, durante festa pelo Dia Mundial da Propaganda, no Credicard Hall, em São Paulo, ocasião em que todos os indicados serão homenageados.

Como ocorreu nos últimos anos, o índice de renovação na lista de indicados se mantém alto: dos 42 concorrentes, 23 são estreantes e 32 nunca venceram. Os três indicados em cada categoria do prêmio são selecionados pelos editores do Meio & Mensagem, após um processo de consulta a líderes do mercado e análises editoriais das trajetórias e fatos recentes envolvendo profissionais e empresas dos segmentos contemplados. Confira abaixo um termômetro de cada uma das categorias e seus indicados.

Dirigente da Indústria de Comunicação

Antonio Fadiga (Crédito: Arthur Nobre), Daniel Simões (Divulgação) e Eduardo Simon Crédito: Arthur Nobre)

O Brasil adentrou 2019 espreitando uma onda de melhora econômica que, na verdade, não se confirmou como previsto. O mercado publicitário, por sua vez, vem atravessando um período de profundas mudanças, como a extinção de agências, troca de lideranças e abertura de novos negócios, além das pressões quase que cotidianas sobre redução de investimento e demandas mais complexas dos anunciantes. Neste cenário de novas incertezas sempre à espreita, três CEOs desenharam, nas respectivas empresas que comandam, percursos dos quais emergiram bons resultados — para os clientes e para as próprias operações. Por esses fatores, são indicados à categoria Dirigente da Indústria de Comunicação do Caboré 2019: Antonio Fadiga, CEO da Artplan, Daniel Simões, CEO da Eletromidia e Eduardo Simon, CEO da DPZ&T.

Agência de Comunicação

Fernando Musa (Ogilvy) (Crédito: Denise Tadei), Hugo Rodrigues (WMcCann) (Crédito: Arthur Nobre) e Fernanda Antonelli (W+K) (Crédito: Arthur Nobre)

As gaiolas que representam as indicações das três agências que disputam a coruja da edição 2019 do Prêmio Caboré abrigam o trabalho diário de um total de 1.125 pessoas que, de forma direta ou indireta, levaram essas empresas a ganhar destaque no cenário da comunicação ao longo do ano — e, por isso, conquistar as cobiçadas vagas. Ogilvy, Wieden + Kennedy e WMcCann são as selecionadas, sobretudo, pela capacidade de fazer girar negócios para grandes marcas e manter a qualidade criativa em um cenário conturbado para a economia nacional — e, consequentemente, também para a indústria da publicidade.

Profissional de Criação

Andrea Siqueira (Crédito: Denise Tadei), Rafael Donato (Crédito: divulgação) e Marcos Medeiros (Crédito: divulgação)

As gaiolas que representam a indicação ao Prêmio Caboré visitaram pela primeira vez os três concorrentes à coruja de Profissional de Criação. Andrea Siqueira, diretora executiva de criação da BETC, Marcos Medeiros, sócio e chief creative officer da Crispin Porter + Bogusky, e Rafael Donato, vice-presidente de criação da David construíram em suas agências, junto com os seus times, um ano de diversos trabalhos premiados e bons resultados para os clientes mais importantes. Para todos eles, a mesma jornada que apresenta uma série de novos desafios, e torna a publicidade algo muito mais complexo do que já foi em qualquer outra época, também representa um campo vasto e frutífero para o surgimento e a execução de grandes ideias.

Profissional de Atendimento

Carol Boccia, Flavia Cortes e Léo Balbi (Crédito: divulgação)

A disputa pelo Caboré de Profissional de Atendimento tem um gosto especial para os concorrentes: os três estão indicados pela primeira vez. Com sólidas e longas carreiras nas principais agências do mercado Carol Boccia, Flavia Cortes e Léo Balbi enxergam o momento atual como transformador para a área, que ganha novas funções e desafios.

Profissional de Planejamento

Lica Bueno (Crédito: Arthur Nobre), Raquel Messias e Tiago Lara (Crédito: divulgação)

Assim como outros agentes da cadeia publicitária, os profissionais de planejamento não saíram ilesos das transformações do mercado. De olho nas mudanças em modelos de negócio, formatos e estruturas das agências, os indicados ao Caboré nesta área buscam posicioná-la de forma mais estratégica em suas empresas. Lica Bueno, Raquel Messias e Tiago Lara concorrem pela coruja na área.

Profissional de Mídia

André França (Crédito: Arthur Nobre), Fabio Urbanas (Crédito: divulgação) e Francisco Custódio (Crédito: divulgação)

Cobrados por uma maior precisão de resultados, em meio à transformação digital e maior acesso a dados, os Profissionais de Mídia têm vivido o desafio de unir métricas ao storytelling das marcas. Todos estreantes na premiação, os indicados André França (WMcCann), Fabio Urbanas (AlmapBBDO) e Francisco Custódio (Africa) acreditam que a profissão está em um momento de valorização e ampliação em seu escopo de atuação.

Anunciante

Marcio Parizotto (Bradesco), João Branco (McDonald´s) e Andrea Alvares (Natura) (Crédito: Arthur Nobre)

De segmentos diferentes, mas tendo em comum a atuação em mercados que estão em forte transformação, as empresas indicadas ao Caboré de Anunciante construíram trajetórias com consistência nos resultados e sólidos investimentos em comunicação. Em meio a uma realidade em mutação, tanto por um novo relacionamento com o consumidor, quanto pela profusão de diferentes tecnologias, Bradesco, McDonald’s e Natura reforçam sua presença no universo das marcas com constante atenção à reputação e investimentos em inovações que geram resultados.

Profissional de Marketing

Ariel Grunkraut (Burger King) (Crédito: divulgação), Daniela Cachich (Pepsico) (Crédito: divulgação) e Igor Puga (Santander) (Crédito: Arthur Nobre)

Liderar as ações de marketing de grandes marcas em um mercado marcado por mudanças nos hábitos de consumo e com competitividade cada vez maior é uma função desafiadora. Por suas trajetórias à frente da área em anunciantes que tiveram ações de comunicação recentes de grande impacto é que Ariel Grunkraut, diretor de vendas e marketing do Burger King; Daniela Cachich, vice-presidente de marketing da PepsiCo; e Igor Puga, diretor de marketing e marca do Santander concorrem ao Caboré de Profissional de Marketing.

Profissional de Inovação

Felipe Cerchiari (Ambev), Renato Shiratsu (Coca-Cola) e Carolina Sevciuc (Nestlé) (Crédito: divulgação)

Com um cenário de transformação profunda de mercados, modelos de negócios e dinâmicas de consumo, é que surgem lideranças designadas a liderar processos de inovação e transformação digital. E considerando este contexto, o Prêmio Caboré marca sua 40ª edição com uma nova categoria, voltada aos Profissionais de Inovação. Os indicados de 2019 são Carolina Sevciuc, diretora de transformação digital da Nestlé; Felipe Cerchiari, diretor de inovação da Ambev e Renato Shiratsu, diretor de inovação da Coca-Cola.

Veículo de Comunicação – Plataforma de Mídia

Eduardo Alvarenga (Elemídia) (Crédito: divulgação), Adriana Cacace (Flix Media) (Crédito: divulgação) e Fabio Coelho (Google) (Crédito: Arthur Nobre)

Em um contexto de abundância de informações e abordagens multimídia, ganham relevância os players que põem a tecnologia a serviço de experiências com propostas de valor reais ao público e que possibilitem ações inovadoras das marcas. Seja na rua, no cinema ou no mobile, a mediação assertiva entre consumidor e anunciante tornou-se fundamental para o sucesso dos veículos, entre os quais os três indicados ao Caboré de Plataforma de Mídia. Elemidia, Flix Media e Google investem em entregas constantes, de acordo com o perfil das pessoas impactadas e suas jornadas de compra específicas.

Veículo de Comunicação – Produtor de Conteúdo

Carlos Henrique Schroder (Crédito: divulgação), Tutinha (Crédito: divulgação) e Paulo Samia (Crédito: Arthur Nobre)

Se ainda prevalecessem as divisões que, por décadas, definiram a classificação dos veículos de comunicação, seria possível afirmar que cada um dos três indicados na categoria Produtor de Conteúdo do Caboré 2019 representa um meio diferente. Entretanto, apesar de terem seus embriões na TV, no rádio e na internet, respectivamente, Globo, Jovem Pan e UOL construíram redes de distribuição que ultrapassam as fronteiras midiáticas convencionais.

Profissional de Veículo

Debora Nitta (Crédito: Arthur Nobre), Heitor Pontes (Crédito: divulgação) e Maurício Kotait (Crédito: Arthur Nobre)

Digitalização de plataformas, exportação de conteúdo nacional, avanço da mídia programática e pluralidade nas equipes comerciais. Essas são algumas das preocupações constantes nas agendas dos três indicados ao Caboré de Profissional de Veículo: Debora Nitta, head de agências do Facebook, Heitor Pontes, diretor comercial da JCDecaux, e Maurício Kotait, gerente geral de operações da Viacom.

Serviço de Marketing

Guilherme Gomide (Mirum) (Crédito: divulgação), Fátima Pissarra (Mynd) (Crédito: Arthur Nobre) e Felipe Simi (Soko) (Crédito: divulgação)

As transformações pelas quais passa a indústria da comunicação estimulam o surgimento de novos players, como as três empresas que concorrem ao Caboré de Serviços de Marketing, todas estreantes na premiação. Atuando em universos distintos, Mirum, Mynd e Soko têm em comum histórias relativamente recentes e o desbravamento de segmentos que estão ajudando a desenvolver.

Produtoras

Renata Brandão (Conspiração) (Crédito: Arthur Nobre), Carolina Dantas (Crédito: Eugenio Goulart) e Marcelo Altschuler (Crédito: divulgação)

O ano de 2019 tem sido, ao mesmo tempo, desafiador e interessante para o mercado audiovisual. Conspiração, Landia e Saigon, as produtoras indicadas ao Caboré, buscam experimentar novos formatos de publicidade e entretenimento. Para isso, renovam seus castings de diretores e apostam em novas frentes de conteúdo.

Compartilhe

  • Temas

  • antonio fadiga (artplan)

  • daniel simões (eletromidia)

  • eduardo simon (dpz&t)

  • andrea siqueira (betc/havas); marcos medeiros (cp+b)

  • rafael donato (david)

  • carol boccia (africa)

  • flavia cortes (publicis)

  • leo balbi (y&r)

  • lica bueno (suno united creators)

  • raquel messias (grey)

  • tiago lara (leo burnett tailor made)

  • andré frança (wmccann)

  • fabio urbanas (almapbbdo)

  • francisco custódio (africa)

  • ariel grunkraut (burger king)

  • daniela cachich (pepsico)

  • igor puga (santander)

  • carolina sevciuc (nestlé)

  • renato shiratsu (coca-cola)

  • felipe cerchiari (ambev)

  • debora nitta (facebook)

  • heitor pontes (jcdecaux)

  • mauricio kotait (viacom)

  • wmccann

  • mirum

  • mynd

  • soko

  • flix media

  • Ogilvy

  • wieden + kennedy

  • conspiração

  • landia

  • Saigon

  • bradesco

  • mcdonald's

  • natura

  • elemidia

  • google

  • globo

  • jovem pan

  • uol

  • prêmio

  • caboré

  • coruja

  • gaiola

  • publicidade

  • propaganda

  • marketing

  • dirigente da indústria da comunicação

  • profissional de criação

  • profissional de atendimento

  • profissional de planejamento

  • profissional de mídia

  • profissional de marketing

  • profissional de inovação

  • profissional de veículo

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Realização