Os campeões da coruja

Buscar

Os campeões da coruja

Nas 39 edições já realizadas, 28 profissionais e empresas conseguiram o feito de vencer mais de duas vezes

Alexandre Zaghi Lemos
18 de novembro de 2019 - 11h40

Lançado em 1980, o Caboré é o prêmio mais valorizado da indústria brasileira de comunicação, marketing e mídia. A conquista de reputação e credibilidade deve-se a características como a lisura do processo de votação que escolhe os vencedores e é auditado pela PwC e à regularidade que marca sua história de 40 edições. Ao contrário do que acontece com a maioria das premiações mundo afora, que inflam a quantidade de categorias com o passar do tempo — muito em busca de engordar seus cofres —, o Caboré pouco mudou desde seu surgimento. Nasceu concedendo dez troféus em 1980 e, mesmo após as diversas mudanças vivenciadas pela indústria nas últimas décadas, foi se adequando sem exageram no total de categorias, que chegam a 14 neste ano.

A novidade de 2019 é a área de Profissional de Inovação, com a qual o evento mostra sua sintonia com a evolução do mercado. Sua criação é reflexo do cenário volátil e de mudanças dinâmicas que Meio & Mensagem acompanha nos últimos anos e que obrigou as empresas a estruturarem áreas de transformação digital e de inovação próximas ao marketing. Neste contexto, estão em ascensão os profissionais que têm a missão de conectá-las ao ecossistema de inovação, startups, aceleradoras e incubadoras, com o objetivo de criar novas dinâmicas e metodologias no desenvolvimento de produtos, ações de marketing e projetos de conteúdo. A nova categoria se propõe a reconhecer a importância deste profissional para ajudar as empresas, marcas, agências e veículos no desenvolvimento de soluções inovadoras.

O prêmio mantinha 13 categorias desde o desmembramento de Atendimento e Planejamento, em 2007. De lá para cá, a única mudança foi a troca de nomes das duas áreas dedicadas aos veículos, que deixaram de se dividir entre eletrônicos e impressos e passaram a se chamar Plataformas de Mídia e Produtores de Conteúdo, em 2014. Cinco categorias chegam à 40ª edição em 2019 exatamente como surgiram em 1980: Empresário ou Dirigente da Indústria da Comunicação, Agência, Anunciante e Profissionais de Criação e Mídia.

Se a conquista de um Caboré já consagra as carreiras de profissionais e marca a história das empresas, imagine para aqueles que conseguem repetir a dose. O ranking desta página consolida os maiores vencedores da história e cita todos os 28 profissionais e empresas que conquistaram mais de dois troféus nas 39 edições já realizadas. Ganhador do prêmio de Profissional de Criação na primeira edição, Washington Olivetto é um dos campeões, com cinco troféus, empatado com João Daniel Tikhomiroff. Curiosamente, se somados os Caborés que ambos conquistaram com a agência (W/Brasil) e a produtora (Mixer/Jodaf) que comandaram, o resultado também é um empate de nove vitórias.

Como em qualquer premiação seletiva, o Caboré não está livre de injustiças e nem nutre a utopia da unanimidade. Neste ponto, é curioso notar que, embora tenham concorrido, nunca conquistaram a coruja nomes importantes do mercado como Alex Periscinoto, Dorian Taterka e Silvio Santos. Outra curiosidade é que, por duas vezes, houve empate na votação dos assinantes. Em 1996, os Profissionais de Marketing vencedores foram Odilon Almeida Jr., da Coca-Cola, e Celso Byron Rodrigues, da Gradiente. O feito raro se repetiu em 2012, na categoria Profissional de Mídia, com duas corujas entregues a Alexandre Ugadin, então na Giovanni+DraftFCB, e Fabio Freitas, na ocasião na Africa Rio. Além do caráter de exclusividade, o Caboré preserva intacto o objetivo de destacar trajetórias sólidas que contribuem para a comunicação mercadológica capaz de influenciar positivamente o desempenho de grandes marcas e, assim, impactar o consumo e os hábitos do público.

Compartilhe

  • Temas

  • washington olivetto

  • joão daniel tikhomiroff

  • alex periscinoto

  • dorian taterka

  • silvio santos

  • alexandre ugadin

  • fabio freitas

  • celso byron

  • Meio & Mensagem

  • Caboré

  • coruja

  • trofeus

  • quem tem mais premios no cabore

  • recordistas do cabore

Comente

“Meio & Mensagem informa que não modera e tampouco apaga comentários, seja no site ou nos perfis de redes sociais. No site, quando o usuário ler a indicação Este comentário foi apagado’ significa que o próprio comentarista deletou o comentário postado. Não faz parte da política de M&M gerenciar comentários, seja para interagir, moderar ou apagar eventuais postagens do leitor. Exceções serão aplicadas a comentários que contenham palavrões e ofensas pessoais. O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade civil e penal do cadastrado.”

Patrocínio

Realização